Resenhas

Skepta – Ignorance is Bliss

O rapper britânico deixa o Grime de lado para investir em novas vertentes do Rap em seu novo e inusitado álbum

516 total views, no views today

Ano: 2019
Selo: Boy Better Know
# Faixas: 13
Estilos: Grime, Hip Hop, Rap, Trap
Duração: 41'
Nota: 3.5
Produção: Skepta, Ragz Originale, Ayo, IndigoChildRick, Trench

Konnichiwa, em 2016, de Skepta foi capaz de desbancar David Bowie e Radiohead no Mercury Prize. Agora, o rapper está de volta com Ignorance Is Bliss. O quinto álbum do britânico – produzido quase que inteiramente por ele mesmo – segue caminhos diferentes de seu antecessor: tanto na temática das letras quanto nas escolhas de produção. Afinal, em três anos, muita coisa mudou na vida do influente artista de Grime que impulsionou o gênero nas paradas.

Depois do sucesso daquele quarto LP (segundo lugar do ranking inglês), Skepta se desvencilhou um pouco da agressividade que caracterizou o disco e, por consequência, descentralizou essa função de “embaixador do Grime”. Um sinal de que novas possibilidades estavam por vir foi a participação no hit “Praise The Lord (Da Shine)”, de ASAP Rocky, divulgado em junho do ano passado, que já mostra um MC disposto a cruzar o Atlântico e dar uma espiada no Trap norte-americano. Em Ignorance Is Bliss, o flerte mais assumido com essa vertente do Rap aparece em “Greaze Mode”, que remete a algumas canções pouco inspiradas de Travis Scott – principalmente por conta da participação cheia de autotune do conterrâneo Nafe Smallz.

Skepta se sente muito mais à vontade quando os elementos típicos do Grime afloram. “Redrum”, cuja percussão até bebe do Trap, ganha o estímulo de um grave imponente e contínuo ao longo de toda a faixa para que ele, sobre ela, possa soltar suas aceleradas rimas. Depois do Grime voltar com tudo na faixa seguinte, “No Sleep” – uma porrada de flow cadenciado a cada kick – ele mostra que também sofreu influências de Dr. Dre na groovada e ótima para as pistas “What Do You Mean”.

Pai pela primeira vez em 2018, Skepta e suas letras trazem uma nova perspectiva sobre um artista que, após pavimentar a ferro e fogo a estrada do Grime rumo ao mainstream britânico, é, agora, “um homem de família”. Exemplo disso é “Bullet From A Gun”, carro-chefe e um dos pontos altos do trabalho: “Recently, I’ve been learnin’ a lot/ All I know is there’s no better feeling than gettin’ home and seein’ my little girl in a cot” (“Recentemente, tenho aprendido muito/ Tudo o que eu sei é que não há sensação melhor do que chegar em casa e ver minha filhinha no berço”).

É claro que a nostalgia também bate vez ou outra, mas o rapper, ao falar sobre um passado complicado, é por vezes evasivo e redundante na tentativa de exprimir algum comentário político/social. Em “Going Through It”, ele literalmente canta “Man, I’ve been going through it/ I don’t wanna talk about it/ I don’t wanna get into it” (“Cara, eu passei por isso/ Eu não quero falar sobre isso/ Eu não quero entrar nisso”). Embora seja entendível que um artista consagrado não queira revirar esqueletos do armário aos 36 anos, quando o tema da canção é justamente esse, saímos dela curiosos sobre exatamente o que é esse “it” pelo qual ele passou. A visão do retrovisor de um MC perto dos 40 é sempre prato cheio, mas, aqui, em alguns momentos, ela é um tanto genérica. (Eu sei que o título do álbum é Ignorância É Uma Benção, mas…)

A força está mais nas experimentações do que nas letras, como em “Same Old Story”, que aborda um amor mal resolvido e traz um trabalho de percussão primoroso. Ou “Glow In The Dark”, com um refrão lambuzado de Pop, cujos vocais de Lay-Z remetem ao R&B noventista de Tony! Toni! Toné! ou Boyz II Men.

Só de acabarmos em Boyz II Men, já é prova de que Ignorance Is Bliss é um passo diferente na carreira do britânico. E, depois do sucesso de Konnichiwa, a inquietação é louvável. Mesmo que brilhe mais no que sabe fazer de melhor, Skepta desacelerou e entregou um álbum em que o Grime persiste, mas é pano de fundo para outras propostas. E o resultado é interessante e uma injeção de curiosidade sobre o que ele ainda é e será capaz de lançar.

(Ignorance is Bliss em uma faixa: Bullet From A Gun)

517 total views, 1 views today

ARTISTA: Skepta
MARCADORES: Grime, Hip Hop, Rap, Trap