The Neighbourhood – To Imagine EP

EP do grupo norte-americano traz mudanças interessantes em sua sonoridade familiar

1,801 total views, 5 views today

Ano: 2018
Selo: Columbia Records
# Faixas: 5
Estilos: Indie Pop, Indie Rock
Duração: 17:54
Nota: 3.5
Produção: The Neighbourhood

Com singles promissores e sonoridades quee flertam com os anos 1980 e um Indie Rock sadio, a banda americana The Neighbourhood pode não ser a mais conhecida deste cenário, mas certamente sabe o que estão fazendo. A canção Sweet Weather impulsionou sua fama pelos Estados Unidos e os sucessivos lançamentos, principalmente o segundo disco Wiped Out, mostraram-se tão ecléticos quanto detentores de um espírito Pop pegajoso que atingiu em cheio a juventude estadunidense (alcançado a primeira posição na Billboard de música alternativa). Agora, o conjunto traz ao mundo a continuação de seu EP, Hard, lançado no ano passado e, com isso, nos mostra um lado relativamente novo de sua sonoridade.

To Imagine pode ter apenas cinco faixas, mas é um ensaio para novos rumos de The Neighbourhood. Aquela predileção por timbres soturnos dos anos 80 continua com força, porém de uma forma mais intensa e menos no segundo plano. Sendo este EP uma continuação formal, as comparações com Hard fazem com que encaremos este lançamento como a sua antítese natural. Enquanto lá tinhamos uma estética mais sedutora e natural, as coisas aqui encaminham para uma direção artificial e robótica (quase distópica).

Dust introduz o EP em velocidade apressada e timbres desconcertantes, ao mesmo tempo que flerta com um Post-Punk estilizado. Scary Love, como o próprio nome sugere, nos leva para um terreno mais assustador e hostil, em uma vibe bastante Retrowave. Heaven e seus pads é curiosa, à medida que os vocais simulam um autotune que lembra um pouco o flow típico do rapper Future. Por fim, o single Stuck With Me reanima o espírito disco frenético, com uma batida acelerada e uma atmosfera neon fortíssima . É interessante que To Imagine pode ser encarado de duas formas: como um EP que mostra um lado relativamente novo da sonoridade de The Neighbourhood, ou como a segunda parte de uma obra que junta este e o registro passado (cujo nome é a junção das partes: Hard To Imagine). Assim, se optarmos por encará-lo de uma forma ou outra teremos igualmente um lançamento divertido e bem produzido, mostrando as melhores qualidades do grupo.

(To Imagine em uma faixa: Heaven)

1,802 total views, 6 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Childhood, The 1975, The Horrors
MARCADORES: Indie Pop, Indie Rock

Autor:

Designer frustrado, julgador de capas de discos e odiador daqueles que põem o feijão antes do arroz.