Resenhas

Bombay Bicycle Club – A Different Kind Of Fix

Terceiro álbum dos londrinos, que decidiram voltar as raízes explorando novamente os ritmos dançantes, e também trazendo resquícios de sua fase calminha em Flaws. Com belas musicas o disco consegue nos contar uma historia

 3,622 total views

Ano: 2011
Selo: Islands
# Faixas: 12
Estilos: Indie Rock, Indie Pop
Duração: 50:45
Nota: 3.5
Produção: Jack Steadman, Jim Abbiss, Ben Allen
Livraria Cultura: 22850842

Esse é o terceiro disco dos londrinos do Bombay Bicycle Club, que dessa vez voltam às raízes mais dançantes. Mais uma vez, a banda flerta com o Indie Rock e o Indie Pop, fazendo um som que vai do agitado ao calminho, às vezes alternando isso dentro de uma só faixa.

Fazendo certo barulho desde 2006, a banda gravou seu debut somente em 2009 e desde então vem se reinventando a cada disco. A Different Kind Of Fix pode ser considerado o meio termo entre o fantástico I Had the Blues But I Shook Them Loose e (o chato) Flaws, mas com uma identidade própria ao mesmo tempo. Mesmo sem toda a energia do primeiro, esse é um disco completo e que mostra todas as faces da banda.

Entre a mais filosófica introspecção e a vida noturna, o álbum passeia por dois grandes momentos guiado pelos discos antecessores. No clima do seu debut, a primeira metade do disco traz músicas mais animadas e festeiras. Já na segunda, o clima mais acústico de Flaws está muito presente.

Viajando entre o som dos seus contemporâneos e conterrâneos Foals e The Maccabees, o Bombay criou uma identidade própria, grande parte pelas letras de Jack Steadman (guitarrista e vocal). O acompanhamento rítmico também incrível, com grandes variações no padrão das batidas dentro de cada música.

Guiadas pela voz inconfundível do Steadman, o disco nos pega pela mão e nos leva a um passeio numa noite estrelada. Uma noite que começa num clima de sonolência em How Can You Swallow So Much Sleep, estamos cansados e pensando em todos os nossos problemas em Bad Timing. De súbito, começamos a despertar da sonolência em Your Eyes e nos animamos pra sair em Lights Out, Words Gone.

Curtindo a noite, Take the Right One nos leva a dançar e chegamos ao ponto alto dançando loucamente com Shuffle. Pronto já cumprimos o objetivo da noite, e ouvindo Beggars já queremos voltar pra casa, daí Leave It é a nossa despedida da balada. Cansados de uma incrível saída, escutamos Fracture no carro indo pra casa e vamos para a cama com What You Want. Lembrando da nossa incrível noite num sonho, fechamos nossa noitada com Favourite Day.

Do Indie Rock ao Indie Pop, A Different Kind of Fix se mostra um disco seccionado, em que soa diferente de seus antecessores, criando uma identidade própria, mesmo remetendo aos trabalhos antigos da banda.

 3,623 total views

BOM PARA QUEM OUVE: The Maccabees, Lucy Rose, Foals
MARCADORES: Indie Pop, Indie Rock

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts