Resenhas

Vince Staples – Stolen Youth

Músico vindo do Odd Future faz uma mixtape semelhante ao que já estamos acostumados. Mas será que ela surpreende de alguma forma?

 2,107 total views

Ano: 2013
Selo: Blacksmith / A.G
# Faixas: 10
Estilos: Hip Hop
Duração: 34:00
Nota: 3.0
Produção: Larry Fisherman

Vince Staples é mais um dos filhotes vindos do mega coletivo de Hip Hop, Odd Future e tenta trilhar o caminho certeiro de nomes como Tyler, the Creator, Frank Ocean e Earl Sweatshirt. No entanto, a sua mais nova mixtape Stolen Youth demonstra sinais de que a fórmula do grupo, baseada em batidas pesadas e secas já demonstra sinais de cansaço.

Não por ser chata mas simplesmente por não possibilitar que todos os músicos vindos coletivo a utilizem. O trabalho visto no disco não é ruim, de modo algum. Temos novamente exercícios letárgicos em que as batidas acompanham de forma assustadora como um filme de terror B. No entanto, para quem já está habituado com o Hip Hop do grupo irá se deparar com músicas com pouca diferença do padrão comum a que estamos acostumados. Fantoms com Joey Fatts e Killin Y’all com Ab-Soul não saem do mesmo lugar e chegam a decepcionar.

Quando tenta aumentar a velocidade das batidas e rimar em uma velocidade mais cativante, Vince começa a despontar e sair da mesmice. Back Sellin’ Crack e Stuck In My Ways são de longe os momentos mais interessantes, o primeiro com uma batida na bateria eletrônica em um tempo mais elevado e a segunda com um sample de guitarra indiana que deixa a interação do músico com as bases sonoras muito mais eficientes.

Vale destacar a parceria estabelecida com o rapper Mac Miller nesta mixtape. Em Heaven o mesmo estilo lento e psicodélico é abordado, mas os versos feitos por MM dão toques mais plurais a composição. Enquanto Sleep com a participação de Dash e Ab-Soul talvez seja a melhor recriação do estilo do Odd Future, mas sua execução supera expectativas e poderia estar tranquilamente em um disco Tyler apesar da mesma levada de batidas e atmosfera.

É natural que exista uma influência natural no som de Vince, de nomes com que ele se relacionou no início de sua carreira. No entanto, tanta exposição e inspiração acabam levando a um trabalho que parece querer mais se espelhar em seus amigos do que consigo mesmo. Falta um pouco de identidade ao artista, algo que pode ser visto na música mais irônica e interessante do disco Gun & Roses, mas não o tempo inteiro. Longe de ser um trabalho ruim, Stolen Youth é comum e começa a denunciar que nem todas as crias do Odd Future talvez sejam geniais, algo normal e compreensível.

 2,108 total views

ARTISTA: Vince Staples
MARCADORES: Hip Hop

Autor:

Economista musical, viciado em games, filmes, astrofísica e arte em geral.