Resenhas

Jan Felipe – Dias Antes do Esperado

Músico franco-brasileiro deixa seu som mais contemporâneo, ainda influenciado pelas mudanças frequentes de cidade

 3,543 total views

Ano: 2014
# Faixas: 5
Estilos: Pop Alternativo, Pop, Pós-MPB
Duração: 16:29
Nota: 3.5
Produção: Jan Felipe
SoundCloud: /tracks/172049271

Uma série de processos lógicos poluem meus pensamentos ao tentar entender o caminho que levou Jan Felipe a chegar no som feito no EP Dias Antes do Esperado. Nascido no Rio, com pai francês e mãe brasileira, se mudou diversas vezes para cidades dos dois países, quando em 2002 se fixou no Rio de Janeiro. Jan se mudou novamente para Paris em maio de 2011 e hoje mora em São Paulo.

Ressalto tal característica porque a inspiração para sua discografia – inclusive quando citada pelo próprio – parece insistir nesta influência que o ambiente tem em sua obra. Apesar de concordar com esta percepção, acho que o efeito sobre o receptor vai além disso. Sua música parece se beneficiar mais dos períodos de mudança do que da estabilidade.

O ritmo das faixas, o tempo maior para cantar cada palavra e os elementos sintéticos me passam uma ideia de contemplação melancólica da vida em grandes cidades. Quer entender? Imagine um filme em que o personagem muda frequentemente de cidade (e de país), corte para uma cena dele em um táxi a caminho do aeroporto, à noite, ele olhando pela janela de trás do carro, as luzes da cidade borradas, as pessoas passando e aquela sensação de que tudo aquilo vai continuar sem notar sua ausência, mas você terá que começar tudo de novo. Talvez seja esta circunstância cada vez mais comum, principalmente no meio artístico, que faça seu som parecer tão atual.

De fato, Dias Antes do Esperado soa extremamente contemporâneo ao incorporar os elementos eletrônicos que colaboram com seu Pop melancólico. Uma profusão de nomes surgem em minha cabeça ao ouvir pequenos trechos de cada música. No início de Segundo Lugar, Radiohead, na dobra de vozes da mesma, SILVA. Em Violent Thrill, Caetano Veloso e em Natural Sounds and Season Clouds (minha preferida), provavelmente pelos vocais menos convencionais na primeira metade da música se destacando sobre o arranjo, não consigo deixar de lembrar de Destroyer. Por conhecer bem os nomes que citei, sei que curiosamente, a mudança constante de país é algo muito presente na vida de SILVA, Caetano, de Dan Bejar (Destroyer), o que não prova nada, mas é uma daquelas coincidências que nos fazem pensar.

Estes foram os nomes que saltaram à minha mente, mas muito provavelmente não serão os que saltarão à sua, comprovando a contemporaneidade e a beleza particular da música feita hoje e bem interpretada, à sua maneira, por Jan. Beleza que ele parece encontrar muito mais facilmente na melancolia do que na alegria. Segundo Lugar, por exemplo, soa diferente de todas as outras, justamente por ter um tom de esperança, de felicidade, mas ainda sim, de forma tímida.

As duas últimas faixas, Céu de Carvão (com a bela participação de Marina Silva da Team.Radio no vocal) e Deluded Men, complementam bem a proposta do EP e nos ajudam a entender a visão de mundo de Jan, mas a complexidade da trinca inicial ainda chama mais atenção.

Dias Antes do Esperado parece de fato ser uma nova fase na vida do músico. Mais atual e mais Pop, apresenta Jan a um novo público, que será atraído inicialmente pelas novas características de seu som, mas se manterá fiel a ele pela relação de amor de Jan com o espaço a sua volta.

 3,544 total views

BOM PARA QUEM OUVE: SILVA, Wado, Destroyer
ARTISTA: Jan Felipe

Autor:

Nerd de música e fundador do Monkeybuzz.